Imprimir

Por que Israel?

Escrito por Joseph Shulam.

Avaliação do Usuário:
Nº Votos: 0
Pior
Melhor
O Eterno disse a Abraão:

Vamos observar alguns dos fins para os quais Deus escolheu os Judeus. Há várias passagens nos Profetas onde Deus diz claramente porque Ele nos escolheu. Isaías 42:6-8 declara, "Eu, o SENHOR, te chamei (o povo Judeu) em justiça, tomar-te-ei pela mão, e te guardarei, e te farei mediador da aliança com o povo e luz para os gentios; para abrires os olhos aos cegos, para tirares da prisão o cativo e do cárcere os que jazem em trevas. Eu sou o SENHOR; este é o meu nome! A minha glória pois, não a darei a outrem, nem o meu louvor, a ídolos".

Muitas pessoas equivocadamente pensam que Deus escolheu Israel porque "os Judeus são muito inteligentes e sabem como ganhar dinheiro; porque eles são bons médicos e advogados; porque os Judeus têm muitos Prêmios Nobel". Alguns Judeus também acham que nós somos melhores do que todo mundo, mas isto não é correto.

Na verdade, a Bíblia nos revela porque Deus escolheu os Judeus. Ele escolheu Israel para ser luz para as nações, para abrir os olhos aos cegos e para libertar os cativos. Quando Ele veio a Abraão no norte da Síria, Ele disse a ele para deixar seu pai e sua mãe e ir para a terra que Ele mostraria. Então, Deus deu a ele três promessas: a promessa da Terra, a promessa da descendência e a promessa de ser bênção para todas as famílias da Terra. É por isso que Deus escolheu Abraão e a sua descendência para sempre. Não há outra promessa em toda a Escritura que aparece tantas vezes como a promessa que Deus fez a Abraão, Isaque, Jacó, e à descendência de Israel. A promessa de multiplicação da descendência, a promessa de ser uma bênção para todas as nações da terra, e a promessa de que Ele daria a terra de Canaã a Israel e à sua descendência para sempre, aparecem vinte vezes em Gênesis.

A Igreja tentou se apropriar da promessa da descendência e da promessa da bênção para si própria. Eles não querem se apropriar da promessa da terra estes dias porque terra é concreto, é real. É difícil espiritualizar a terra, então eles dizem, "Bem, isso foi no Antigo Testamento, para os Judeus, mas agora que estamos na era do Novo Testamento, a terra não é importante". Ironicamente, a Igreja Católica possui quinze por cento das melhores propriedades em Israel, e a Igreja Ortodoxa Grega possui partes de Jerusalém, incluindo o terreno em que se encontra o Knésset (Parlamento). Se a terra é tão pouco importante para eles, eu gostaria que devolvessem a nós! Eles se apropriaram de toda esta terra nos tempos das Cruzadas, quando a Igreja decidiu se preocupar com a promessa de aquisição da Terra Santa e enviou seus exércitos para conquistá-la, mas o poder militar sozinho não decide a verdadeira posse aos olhos de Deus. Em Deuteronômio 32:8 diz que Deus criou as fronteiras dos povos ha muito tempo de acordo com seus próprios critérios e não de acordo com nosso próprio senso de direito, nacionalismo ou necessidades demográficas. Deus fez promessas físicas a Israel e todas elas permanecem com o povo Judeu até hoje, quer a Igreja e as nações reconheçam ou não.

Foi um acordo, um trato mútuo. Deus escolheu Israel quando Ele escolheu Abraão. A eleição de Israel não veio a partir da aliança que Ele fez com eles no Sinai, mas sim quando Deus escolheu Abraão. Deus teve que escolher Abraão para assegurar que o mundo não fosse enterrado nas trevas da idolatria. Deus escolheu Abraão no capítulo 12 de Gênesis, imediatamente após a narrativa da rebelião da humanidade contra Deus, na Torre de Babel, registrada no capítulo 11 de Gênesis. Na única vez em que os seres humanos se uniram para se rebelar contra Deus e construir a Torre de Babel, Deus os dividiu em nações antes que eles pudessem causar mais danos ao mundo. Antes da Torre de Babel, não havia nações, não havia gentios. Todos falavam a mesma língua e eram todos primos, os descendentes de Noé e seus filhos. Deus somente os dividiu em nações quando eles se uniram contra Ele e quiseram construir uma torre para se livrarem do poder de Deus e de Sua influência sobre eles. Não havia nações antes disso, e não havia nenhuma idolatria antes disso. Não há menção alguma de idolatria antes ou depois de Noé até a Torre de Babel. A idolatria e a variedade de idiomas entraram no mundo depois da Torre de Babel, e Abraão foi escolhido após a Torre de Babel para assegurar que essa rebelião do homem contra Deus fosse consertada.

Em Hebraico nós chamamos este conceito de Tikkun Olam – que o mundo se rebelou contra Deus e, portanto, tem de ser consertado. O mundo foi danificado e tem de ser reparado, por isso Deus escolheu Abraão, a fim de reparar o mundo e restaurar a humanidade de volta à fé no Deus único, criador dos céus e da Terra. É por isso que Deus escolheu Israel e é por isso que Yeshua, o Messias, nasceu Judeu. Ele poderia ter nascido em qualquer país do mundo que Deus escolhesse, mas Ele era um Judeu nascido da descendência de Davi e da descendência de Abraão, por causa da missão de Deus para Israel. Não foi um acidente, e sua nacionalidade não foi escolhida por sorteio. Deus planejou dessa maneira antes mesmo da criação do mundo, pois sabia o que iria acontecer na história antes que ela começasse. A eleição de Israel relaciona-se com a tarefa de trazer as nações de volta ao conhecimento e adoração ao único Deus. Não foi por causa do orgulho ou das habilidades judaicas, mas sim porque Deus quis tomar uma pessoa de fé, Abraão, e dar-lhe uma descendência que é sobrenatural, usando essa descendência na história da humanidade para trazer as nações de volta a Si mesmo, porque Deus amou o mundo inteiro e não apenas os judeus.

Extraído do livro: "Plantados na Casa do Senhor", de Joseph Shulam. Clique aqui e adquira já o seu!

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

  • 1
  • 2
  • 3

Onde está a Arca da Aliança?

Onde está a Arca da Aliança?

Um dos maiores desejos de arqueólogos de várias partes do planeta e de várias épocas da história é descobrir o paradei...

19 Ago 2016

A Festa de Pentecostes - Parte I

A Festa de Pentecostes - Parte I

A quarta Festa do ano é a Festa de Shavuôt, também conhecida como Festa das Semanas ou, simplesmente, Pentecostes. Em ...

03 Jun 2016

Verdadeiro significado da Páscoa

Verdadeiro significado da Páscoa

Representação de um Sêder (jantar) de Pêssach dos dias de Yeshua A Escritura Sagrada, a Bíblia é a única fonte se...

13 Abr 2016

Quem me ama, guarda os meus mandamentos

Quem me ama, guarda os meus mandamentos

A palavra em hebraico para Mandamento é  מִצְוָה (Mitzvá). Ela vem da raíz צִוָּה  "tsivá", que signifi...

05 Abr 2016

O Terceiro Templo

O Terceiro Templo

A questão sobre a construção de um terceiro Templo em Jerusalém está sempre presente em círculos teológicos cristãos e...

30 Mar 2016

Não ouse acrescentar nada!

Não ouse acrescentar nada!

A lei do Senhor é perfeita; (Salmos 19.7) - A referência não é somente à lei de Moisés mas à doutrina de Deus, a todo ...

10 Nov 2014

O que é Graça?

O que é Graça?

Paulo emprega a palavra "graça" para significar o oposto de "obras e méritos". "Pela graça sois salvos. ... não por ob...

27 Out 2014

Sodoma foi destruída por causa da injust…

Sodoma foi destruída por causa da injustiça social?

Ariovaldo Ramos disse em seu Facebook: Ezequiel 16:49, 50: "Eis que esta foi a iniqüidade de Sodoma, tua irmã: soberb...

24 Out 2014

Paulo e as “Obras da Lei”

Paulo e as “Obras da Lei”

Fragmento do pergaminho 4QMMT, também chamado de "Importantes Obras da Lei" – Qumran – Israel, séc. II a.C. Paulo e as ...

06 Ago 2014

O Povo Escolhido de Deus

O Povo Escolhido de Deus

"Em herança possuireis a sua terra, e eu vo-la darei para a possuirdes, terra que mana leite e mel: Eu sou o Senhor vo...

14 Fev 2014

Otimismo não é fé!

Otimismo não é fé!

  Vivemos numa época em que a igreja confunde pensamento positivo com fé. Mas é sutil, ao olharmos para os problem...

05 Fev 2014

Maridos Solitários, Esposas Solitárias

Maridos Solitários, Esposas Solitárias

O isolamento de outras pessoas nem sempre é ruim. O próprio Jesus tinha o hábito de isolar-se regularmente das multidõ...

29 Jan 2014

Por que Israel?

Por que Israel?

Vamos observar alguns dos fins para os quais Deus escolheu os Judeus. Há várias passagens nos Profetas onde Deus diz c...

28 Mai 2013

Bem Aventurado o Lar...

Bem Aventurado o Lar...

  Bem-aventurado o lar onde perdura o amor e a amizade – porque ali haverá a paz. Bem-aventurado o lar on...

23 Mai 2013

Do Egito ao Sinai pelo deserto, lugar de…

Do Egito ao Sinai pelo deserto, lugar de dependência e conquista

Passamos pela festa de Pessach (páscoa) que nos chamou atenção, simbolicamente, da nossa saída do 'egito' (que represe...

12 Abr 2013

A Festa Bíblica da Páscoa

A Festa Bíblica da Páscoa

Êxodo 12:1-28 A Páscoa (do Hebraico, Pessach, significa passagem), uma festa bíblica ordenada por Deus como estatuto pe...

19 Mar 2013

Como será a igreja neste milênio?

Como será a igreja neste milênio?

Estamos na undécima hora? O Messias está voltando? Passará deste milênio? Há muita coisa correndo na mídia a respeito d...

30 Jan 2013

Senhor, dá-me amigos…

Senhor, dá-me amigos…

Eu e você certamente já escutamos todo tipo de oração: por casa, emprego, casamento, causas na justiça, recebimento de d...

28 Jan 2013

меня зовут эрл

Atividades Semanais

  • 3ª Feira
  • 20h - Culto de Oração dos Homens e Manancial de Mulheres
    Instituto Bíblico Manancial
  • 5ª Feira
  • 15h - Reunião de Oração Manancial de Mulheres
    20h - Instituto Bíblico Manancial
  • Sábado
  • 19h - Reunião de Jovens Pacto Jovem
  • Domingo
  • 19h - Culto de Adoração

Quem esta online

Nº de visitantes online: 36

Endereço

QSB 11 AE 11
CEP: 72015 610
Taguatinga Sul
Brasília

Mapa Localização

Fone: 3351 4582

Fale Conosco